Modernismo é a destruição do senso crítico; jamais será Arte!

Héteros nunca expuseram crianças à seus relacionamentos debaixo dos lençóis, por que diabos então os gays deveriam fazê-lo?

A questão é muito mais séria do que ser gay ou não, pois se relaciona à formação de uma psique saudável. Existem estágios na formação cerebral de um bebê até sua forma adulta, se estes estágios não são respeitados, a criança, ou melhor: o adulto, se torna problemático de diferentes formas.

A exposição infantil à pornografia; lembrando que pornografia significa “nudez explícita”, pode causar uma série de distúrbios como ansiedade, sexualização precoce (não é por acaso que vemos atualmente diversas crianças de 13 anos grávidas) e depressão, que desencadeiam centenas de problemas, os quais só serão descobertos na fase adulta e, como afirmam os psicólogos, a exposição de crianças a pornografia como se isso fosse algo natural dificulta ainda mais o tratamento dos adultos por eles, os próprios pacientes, não conseguirem detectar quais foram as situações traumáticas da infância que os fizeram desenvolver determinados problemas .

Outro ponto questionado é a deturpação da arte, a desculpa de que qualquer bizarrice é arte só por que algum fulano disse que é arte. Arte é a beleza, é a saída que o humano encontrou para se afastar por um tempo da realidade mórbida em que vivemos. Por cerca de dois mil anos os seres humanos desenvolveram milhares de técnicas para expor ao mundo a beleza e a reflexão da vida, então, de repente, com o pós-modernismo “aperfeiçoando” o dadaísmo, que na verdade não passa de uma ideologia expressa de forma psicológica para a destruição da moral, do belo, do certo e do errado e do desenvolvimento do senso crítico, surge a “desconstrução”, que resolve não só destruir todas as coisas admiráveis desenvolvidas pelos homens, como impor à todos os seres humanos desenvolvidos que a “desconstrução” é arte; não é!

Aldous Huxley diz em ‘Admirável Mundo Novo’: “não concertar, destruir”. É exatamente o que esse tipo de “exposição” faz, e pretende fazer: destruir todo o desenvolvimento milenar do Homem.

Tatiana Scavone on Facebook
Tatiana Scavone
Publicitária e Ativista pró-Liberdade

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *