Carta Aberta aos Ministros do STF

Não sei se Carmem Lúcia tem filhos. Alguns ministros do Supremo Tribunal Federal sei que têm pois temos exemplo de rebento alçada desembargadora antes dos 40 anos de idade. Quem também tem filhos é a população. Uma parte pode até não ter filhos, mas necessariamente são filhos de alguém.

“População” é coisa abstrata. Melhor dar nomes, pois essa abstração é feita de gente real. Gente real que chora e se desespera. Que enterra filho, pai, amigo, irmão, avô, vítimas do BANDITISMO institucionalizado no Brasil. Eu queria dar nomes, mas são 61 mil anualmente. Não caberiam aqui.

Falo de filhos porque quando os temos toda a vida é voltada pra eles. Da hora que nascem até, na lei natural da vida, a nossa partida, o rumo e o objetivo, a meta, a felicidade, é o bem estar dos nossos filhos. E como é difícil esse caminho todo. Formar um caráter, a imaginação moral de uma criança, é tarefa árdua. E é quase desumana quando os corruptores de alma estão por todos os lugares, desde escolas até nos lugares que deveriam ser divinos. Mas vamos tentando, mesmo cansados. Exaustos.

Hoje mesmo o meu amigo do trabalho, segurança da loja, estava me contando o que aconteceu nesse final de semana.

A família foi ao shopping. Um casal com uma filha de 6 anos. O sonho dela era ter aquela boneca que come, ri, chora, faz xixi e que custa R$ 400,00. O pai, que é o meu amigo, já me disse várias vezes com um sorriso no rosto: “eu passo aperto mas ver a minha filha sorrir é a coisa mais maravilhosa que existe pra mim”.

E ele a faz sorrir. Tanto que ela ganhou a boneca no Natal. Dividiu em várias parcelas mas comprou. Mas a história que estava contando é que foram ao shopping neste final de semana passado e perderam a boneca. Ele então me disse que todo o caminho do shopping até em casa foi com o choro, de soluços como os de novela, da filha e que aquilo cortou o coração dele. Chegando em casa ela disse pro pai, já quase conformada: – Papai, tomara que quem encontrou cuide bem dela e dê a comidinha.

Hoje ele ligou, quase sem esperanças, para o shopping. Surpresa! A boneca havia sido encontrada e foi entregue no achados e perdidos. Na hora do almoço, ao invés de se alimentar, ele utilizou o horário e foi buscar.  Feliz da vida me disse: “Não vejo a hora de chegar em casa e contar pra ela que acharam e devolveram. Quero ver o sorriso dela, Michele.”

O país é feito de gente que acha uma boneca e devolve, senhores Ministros do STF.

Vossas excelências talvez não saibam disso. Talvez não saibam que o Brasil é feito de pais e mães que querem o melhor pros seus filhos, que se esforçam em dar-lhes exemplos para a formação de seu caráter, que ensinam o que é certo e o que é errado.

Que batalham pra conseguirem comprar, não roubar, uma boneca. Ou um pão com ovo. É esta a gente de nossa terra, Excelências.

Não os bárbaros que cometem seus crimes e ficam impunes e que só se proliferam pois protegidos no manto da impunidade.

Mas se da maior instância da Justiça o exemplo não ocorre, fica ainda mais difícil para esses pais ensinarem aos seus filhos que o CRIME não só não compensa como é feio, imoral e deve ser punido, rechaçado. Além de tornar mais difícil, a Corte institucionaliza o CRIME. E como explicar aos nossos filhos que a Lei só vale para alguns? Que para outros é só papel que se rasga? Que a depender dos recursos financeiros, e contatos no poder que você tem, você pode cometer um crime e sair ileso?

Uma única pessoa, um bandido, fazer os agentes da instância judicial máxima do país se reunirem para lhe salvar a carcaça corcunda tamanho é peso de seus crimes contra toda uma nação? Como explicar isso à minha filha, Excelentíssimos? Se os senhores não tem filhos, eu tenho. E eu não ficarei calada diante deste espetáculo grotesco que Vossas Excelências estão deliberando fazer.

Sou daquelas que devolvem a boneca achada.

E acredito que a maioria do país também é.

É bom que saibam disso.

Michele Prado on FacebookMichele Prado on Twitter
Michele Prado
Michelle Prado é projetista de móveis e trabalha na Bontempo, móveis customizados de alto padrão. Autodidata e preocupada com os rumos do Brasil, principalmente no tocante à educação e justiça.

1 Comment

  1. Cialis

    Acabei de ver o vídeo do Barroso cuspindo marimbondo no Gilmar. Meu Deus, como desmunheca a boneca

    Reply

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *